RP é gestão de conteúdo e reputação, jamais Publicidade

Por Thiane Loureiro

 

Recentemente fui palestrante do evento Digital Age 2.0 para falar sobre PR 2.0 e gerenciamento de crise na Web. Achava que a crise chamaria mais atenção, mas foi o contrário. As mudanças no perfil do profissional de comunicação geraram inúmeras dúvidas e diariamente recebo um e-mail de alguém ansioso por entender o que mudou.
As pessoas ainda estão perdidas. Agências de relações públicas têm criado núcleos para competir com empresas de marketing viral e publicidade quando, na verdade, todos são complementares. Relações públicas gerenciam conteúdo, administram reputação, alinham as mensagens-chave de uma empresa tanto na comunicação interna quanto na externa.

 

RP não precisa criar template de blog (até porque é fácil fazer um no WordPress gratuitamente) e não precisa ter uma idéia brilhante à la comercial da Pepsi toda vez que um cliente pede para aumentar sua presença na Internet. Virais e ações de branding, bem como links patrocinados e outros tipos de anúncio, devem ficar a cargo de quem sabe fazer isso bem.

 

Os profissionais de RP são aqueles que alertam o cliente sobre o que escrever no blog sem gerar uma crise. São eles que cuidam para que as informações passadas à imprensa estejam de acordo com as divulgadas aos funcionários. São eles que sugerem campanhas e ações offline específicas para que o cliente se lance na Internet da melhor forma possível.
Relações Públicas é quem tem a visão completa e detalhada de toda a comunicação de uma empresa. Detecta necessidades e integra atividades offline com um planejamento online. É estratégica e tem como principal objetivo a construção de relacionamentos relevantes e duradouros.

 

Com a Web 2.0, esses profissionais passam a cada vez mais criar métricas e medições que contemplem influência e autoridade, além de acessos. Eles agregam conteúdo via RSS e fazem otimização de busca orgânica em press releases eletrônicos. Conhecem ética e etiqueta online, sugerem correções e inserções em wikis, monitoram tendências, encontram novos formadores de opinião — cujos blogs têm mais leitores que a revista Veja. Treinam seus clientes para se comportar na Web de forma adequada e transparente. Desenvolvem códigos de conduta para funcionários e sabem qual é a melhor ferramenta online para cada uma das necessidades de uma empresa.

 

Os profissionais de RP trabalham em conjunto com os de publicidade e marketing para garantir a melhor exposição do cliente. Eles unem as táticas com visão de longo prazo e com o conhecimento profundo da corporação. Afinal, vamos concordar que qualquer um faz qualquer coisa na Internet. O nosso diferencial está justamente em transformar tudo em soluções.

 

Fonte: Jornal da Comunicação Corporativa

Anúncios

~ por Patrícia Scarponi em 15/10/07.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: